Por que Aprender Modelagem Financeira?

Por que Aprender Modelagem Financeira?

Uma das habilidades mais valorizadas no mundo dos negócios é a capacidade de entender modelos financeiros.


Tudo o que definido em negócios no mundo corporativo hoje é pautado em modelagem financeira, pois independente do setor da companhia, qualquer novo projeto terá impacto nas finanças da empresa e a modelagem financeira será utilizada para calcular a viabilidade daquele projeto ou não, auxiliando na tomada de decisões.


Este artigo visa demonstrar como a modelagem financeira pode ajudar profissionais de diversas áreas e também apontar as carreiras em que o conhecimento em modelagem financeira são mais requisitados.


O que é Modelagem Financeira

Modelagem financeira é a construção de um cálculo complexo com análises e projeções visando mensurar resultados e impactos futuros na performance de uma empresa, de um projeto ou de um investimento.


A modelagem financeira é uma ferramenta que auxiliará gestores na tomada de decisões estratégicas e de investimentos em uma companhia, por exemplo.


Através dos modelos é possível verificar e analisar todas as áreas da empresa, analisar os indicadores de performance históricos e, com auxílio de premissas, traçar cenários para prever o futuro dos negócios.


Para se realizar o cálculo de projeções financeiras será necessário a utilização de premissas, que poderão ser baseadas em tendências de mercado ou também de indicadores históricos. Como o cálculo tem como base premissas, é de suma importância que se modele também cenários de projeções e seus respectivos impactos nos resultados futuros.


Entender modelagem financeira será útil em qualquer função que seja necessário analisar e compreender desempenho de setores, de empresas, de investimentos e de dados para tomada de decisões, o que dá ao profissional uma vantagem competitiva em diversas áreas de negócios.


Exemplos de Aplicação de Modelagem Financeira


  • Calcular o Valuation de uma empresa

  • Calcular o retorno esperado de investimento em ações

  • Calcular a necessidade de caixa para investimento em projetos

  • Simular estrutura ótima de capital de empresas (Dívida/Capital Próprio)

  • Calcular a viabilidade econômica de novos empreendimentos

  • Captar recursos com investidores para um novo projeto ou empresa

  • Identificar tendências no mercado e seus impactos nos resultados futuros de uma companhia

  • Realizar previsão orçamentária

  • Etc.


Áreas de Profissionais que mais Utilizam Modelagem Financeira


Como já mencionamos, modelagem financeira é uma habilidade valorizada em qualquer área de negócios e análises de dados, não se limitando somente a finanças. Mas existem alguns segmentos em que o conhecimento em modelagem financeira é fundamental e faz parte do dia a dia dos profissionais, que são:


M&A - Fusões e Aquisições e Investment Banking:

Talvez a mais óbvia das áreas, o profissional que atuar em M&A e IB deverá conhecer a fundo modelagem financeira para calcular Valuation de empresas e estruturar operações de Fusões, Aquisições, JVs, IPOs e emissões de dívida.


Private Equity e Venture Capital:

De maneira parecida com M&A e IB, mas com um viés um pouco diferente, o profissional de PE e VC se utilizará de modelagem financeira para avaliar investimentos proprietários em empresas, para estruturar operações de consolidação de setores, assim como simular cenários para a venda dos seus ativos no fechamento do fundo e calcular a viabilidade dos investimentos, auxiliando na construção das teses e nas decisões de investimentos e desinvestimentos.


Consultoria:

Projetar e avaliar impactos nos resultados de decisões estratégicas nas companhias.


Equity Research:

Realizar projeções de desempenho das empresas que analisam e calcular preço alvo das ações para recomendação aos investidores.


Gestão de Patrimônio:

Mensurar impactos no portfólio de investimentos gerados por mudanças no cenário econômico.


Private Banking:

Avaliar melhores opções de investimentos para seus clientes.


Quero Aprender Modelagem Financeira: Por onde Começar?

  1. Excel: A ferramenta mais utilizada para modelagem financeira é o Microsoft Excel, então o primeiro passo para quem deseja desenvolver habilidades em modelagem é aprender a utilizar o Excel.

  2. Matemática Financeira: O segundo passo é buscar conhecimentos de matemática financeira como cálculo de juros compostos, cálculo de valor presente e crescimento de progressões geométricas. (Recomendamos o livro "Matemática Financeira" do professor José Nicolau Pompeo).

  3. Contabilidade: O terceiro passo é buscar se familiarizar com os principais demonstrativos financeiros DRE, Balanço Patrimonial de Fluxo de Caixa, pois a alocação correta das contas é fundamental para uma modelagem financeira confiável.

Como exemplo, imagine uma modelagem apenas de Receitas e Despesas visando analisar os lucros futuros de uma empresa, esta análise estará incompleta, pois a empresa poderá ter lucros e ainda assim ser inviável economicamente caso demande muito investimento ou capital de giro. Ao modelar corretamente os 3 demonstrativos financeiros será possível identificar todos os impactos nos resultados futuros da companhia como lucratividade, capital de giro, investimentos, depreciação e amortização, impactos fiscais, necessidade de caixa, etc.

Seguindo os passos acima você terá as bases necessárias para se aprofundar em modelagem financeira de maneira consistente.


Conclusão


Em suma, saber construir e analisar modelos financeiros é ter a capacidade de entender todas as áreas de uma empresa e os impactos de cada projeto/investimento em seus resultados futuros.


Esta habilidade é, portanto, uma das mais valorizadas no mundo dos negócios corporativos devido ao fato de o profissional ter capacidade de analisar, projetar, traçar cenários e embasar suas decisões estratégicas com previsibilidade de seus resultados futuros.



Fique atualizado das nossas novidades!

  • Ícone_Whatsapp
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook

©2019 por M&A na Prática.