top of page

Custo de Capital

O Custo de Capital refere-se à taxa de retorno que uma empresa precisa gerar para atrair investidores e financiadores para fornecer capital para suas operações e projetos.


É uma métrica importante para as empresas, pois ajuda a determinar se os investimentos e a operação são viáveis economicamente.


Para entender um pouco melhor a natureza do custo de capital, precisamos entender como uma empresa ou ativo é avaliada na ótica de investidores. Observe a figura abaixo:

O valor de uma empresa dependerá, então, de dois fatores principais:

  • Da geração de caixa futura do ativo

  • Do Custo de Capital


O valor da empresa (valuation) é, desta forma, o resultado dos Fluxos de Caixa Futuros Esperados trazidos a valor presente a uma taxa de desconto, que chamamos de Custo de Capital. Desta forma, o Custo de Capital é peça-chave para o cálculo do Valuation das Empresas.


Agora que entendemos o papel do Custo de Capital, precisamos entender como chegar ao Custo de Capital.


O cálculo do custo de capital deve levar em conta fatores fundamentais como:

  • Taxa de juros básica (livre de risco)

  • Riscos associados (principalmente risco-país, setorial, de porte, de liquidez, etc.)


Desta forma, o Custo de Capital levará em conta um prêmio pelo risco no investimento, quanto maior o risco do investimento, maior será o seu Custo de Capital e, por consequência, menor será o Valuation.


A mensuração do Custo de Capital deve levar em conta o risco associado. Então a forma de cálculo também será diferente a depender da ótica do investidor.


Como a percepção de risco de um credor é diferente da percepção de risco de um acionista, podemos separar o custo de capital em duas partes:

  • Custo de capital próprio (equity): representa o retorno que os acionistas esperam para investir na empresa.

  • Custo de capital de terceiros (debt): remunera os credores, é o custo da dívida da empresa.


O custo de capital de terceiros pode ser calculado a partir de taxas de juros praticadas pelo mercado para empréstimos de longo prazo na empresa ou em empresas comparáveis.


O custo de capital próprio é calculado principalmente através do método CAPM ( Capital Asset Pricing Model), cuja fórmula segue a seguir:

Onde:

Ke = Retorno esperado das ações da empresa (retorno do capital próprio)

Rf = Retorno livre de risco

Rm = Retorno esperado da carteira de ações de mercado

β = Sensibilidade do preço da ação de uma empresa com relação ao mercado de ações


Para entender o cálculo do Custo de Capital em Empresas Brasileiras na prática, elaboramos uma planilha de cálculo pronta e um eBook com toda a metodologia e fontes de dados gratuitas para o cálculo. Para acessar a planilha e o eBook acesse: https://www.manapratica.com/post/wacc-como-calcular

 

Para aprender todo o processo de Modelagem Financeira e Valuation de Empresas na prática, veja nosso curso completo em Excel: https://www.manapratica.com/

 
















bottom of page